No jardim da Praça frondosa,
árvores com seus galhos magníficos
balançam suavemente e
os pássaros acompanham
aquela sintonia naquele
momento harmonioso.
Pessoas de todas as idades passam
de um lado para o outro,
seus semblantes são
serenos e o sorriso está sempre
esboçado em seu lábios
transmitindo paz e alegria.
A poeira levanta em círculo levando
as folhas secas. Os cães deitados
na grama dormem profundamente.
Um andariho passa com vários cães e
segue adiante sem rumo,
sem destino, mas com serenidade
junto aos seus fiéis companheiros.
O sol se esconde e devagar
as luzes da cidade vão se acendendo e a
Praça adormece nos seus cantos e encantos.

Luiza Helena Guglielmelli Viglioni Terra
27/04/2011

::: Menu ::: Voltar :::

Envie essa Página  

 

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys