O Orador


Ele, com sua vestimenta típica do século 18, exibia os seus dotes de orador, rodeado por uma multidão heterogênea. Estava no centro de um teatro de arena e a multidão se comprimia, exaltada, e se manifestava aos gritos e gestos de todos os tipos, vociferando suas expressões e se avolumando, como se fosse transpor os seus limites, impostos pelas amuradas, e se lançar contra o orador. Suas vestimentas eram negras e de outras cores, o que expressava um mosaico surreal, à medida que se movimentava, e notavam-se rostos "sui generis", que se destacavam dentre a massa compacta.
Ele sabia conduzir os seus pensamentos de acordo com o seu interesse do momento, ora confundido-os, ora alcançando em cheio o seu emocional, ora lembrando-os das suas pretensas virtudes, honras, costumes e tradições.
Sabia do seu poder de convencimento e o usava com orgulho, vaidade e arrogância, fazendo daquele povo um joguete ante o seu verbo irresistível, venenoso e grandiloqüente.
Aquela multidão poderia destruí-lo, mas não conseguia se desvencilhar da sua verve hipnótica e era levada, em sua emoção, aos cumes do paroxismo, perante o som contundente das suas frases de efeito.
Onde iria dar tudo aquilo? Eu não fazia a menor idéia e me afastei daquele recinto turbulento, chegando a uma rua, com um tráfego intenso de carros e muitos transeuntes nos passeios e atravessando as ruas. Parado na esquina, a espera que se abrisse o sinal para pedestres, percebi quando ele, o orador maquiavélico, ainda com sua veste do século 18, se aproximou ardilosamente de mim e me perguntou, sorrateiramente, ao meu ouvido:
— Tens quinze centavos, para me completares o valor da passagem?
Foi quando eu me vinguei, do alto do meu nível de compreensão, daqueles coitados tão vilmente manipulados por ele, respondendo-o, em inglês:
— I am sorry, but I can’t understand you. I am an English man.

[Menu] [Voltar]

Envie essa Página  

Todos os meus textos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais - LEI No. 9610,
de 19 de fevereiro de 1998, e pelos tratados e convenções internacionais.
Respeite os direitos dos autores, para que seus direitos também sejam respeitados.

Contato com Autor: Abílio Terra Junior

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys

Melhor Visualizado em:1024x768