a vizinha sorri de dentro do carro
a mensagem sensual chega
o lobo na jaula lambe os beiços
depois de viajar pelo universo
e se encantar com a história
que toca o coração

é uma vida de múltiplas faces
de muitos enredos dramas e traições
de noites fáusticas
o peito a gemer
no parir sonâmbulo

o peregrino coça a longa barba
atravessa a ponte e observa a fileira de cruzes
sorri para o seu cachorro fiel que o observa
apóia o seu cajado mágico
e caminha pelo círculo com muitos símbolos
que falam dos segredos da mãe terra
cujos veios generosos se recuperam
talvez esperando o gérmen do anthropos

na multiplicidade de mundos
a grande ceifeira cruza o espaço
e o deus com o seu cavalo de oito patas
desce ao monte perdido nas brumas
onde marcos ostentam runas
que cantam canções que não se podem ouvir

nesta ilha misteriosa no centro
do lago mais antigo do mundo
a terra foi fecundada muitas vezes
o grande mago repousa na profunda caverna
e toca os corações dos homens despertos

a bruxa dos tempos antigos espera
no alto do seu carvalho milenar
que o dragão espraiado pelo mundo
dê o seu monumental urro
que ecoará em todas as cavernas
até mesmo as que se escondem nos rios
que conduziram os povos antigos
em suas viagens de conquistas e adorações

será o sinal do casamento alquímico
da mulher de longas tranças negras como o azeviche
que ostenta as marcas de sevícias que se multiplicam
que conduz o cálice tosco há muito perdido
e que conhece os segredos das trevas originais
com o homem que busca sua alma na caverna dos inocentes
que já golpeou a árvore da vida desde sempre
bebeu o fel destilado pelo dragão monstruoso e belo
e cujas entranhas se transformaram
em folhas úmidas de orvalho
e em pedras brilhantes e movediças

Abilio Terra Junior
02/12/2006

 

[Menu] [Voltar]

Envie essa Página

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys