entre tantas penumbras
que permutam
com fosforescentes insetos
a se instalar na montanha

a minha inconstante cisma
que me levou a este abrigo
move-me a abrir caminho
na mata verdejante
coberta de espinhos

eu oscilo entre obstáculos
que surgem
nesta longa viagem
cujo itinerário
é universal e diário

e entre as minhas células
que proliferam aos milhões
e em seu rotineiro plantão
nunca se esquecem
dos seus hábitos
laboriosas como são

eu também estou presente
e influo em seu ritmo
conforme os meus pensamentos
e múltiplos sentimentos

vejam que árdua tarefa
a deste simples mortal
que além disso ainda singra
vastos mares e altas colinas

em seus versos que são muitos
e perscrutam anônimos mundos
alguns infinitesimais
outros descomunais

onde infernais seres saltitam
entre brasas ardentes
a golpear

os que se esqueceram
dos seus traços
tanto são insensatos

enquanto há os seres angélicos
que envoltos em seus mistérios
cuidam de mútuas tarefas

como o nascer de uma linda flor
ou de uma límpida cascata
ou de uma alma atrevida

que se entristece e se alegra
numa inconstância cega

Abilio Terra Junior
12/06/2007

[Menu] [Voltar]

 

Envie essa Página

 

Midi: Luiza

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys