no imenso rio
quase um mar
a nobre jornalista
observa e analisa

a pujança das águas
tantas árvores às margens
que podem sucumbir
à força do próprio rio
ou à ganância humana

lindas aves surgem
dentre as folhas
surpreendem por suas cores e seu porte

a beleza dos indígenas
que das margens a observam
trazem em si
sua longa história
de bravura serenidade
harmonia com a natureza
oprimidos perseguidos
lutam pelos seus ideais
e sua preservação

lindas paisagens surgem
emocionam a jornalista
ela se lembra
da sua longa carreira

da sua luta pela justiça e a verdade
dos troféus que colheu
às vezes sente-se cansada
no entanto mantém-se firme
não se deixa abater

deixará seu legado
para os seus descendentes
que a amam e a respeitam
cultivou muitas amizades
seus amigos do peito

Abilio Terra Junior
28/11/2012

 

::: Menu ::: Voltar :::

Envie essa Página  

 

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys