na peleja da aldeia
encontramos alguns cabelos
e pentelhos
mas o cheiro é indiscutível

em uma rede que balança e treme
se esconde um segredo
corpo bronzeado
sorrisos coloridos
de cores naturais

a água espumosa
é abundante e pura
os deuses penetram em nossos corpos
e acompanham nossas histórias

pescamos peixes
com nossas mãos lépidas
atravessamos portais
e encontramos a morte a nos esperar
com as pernas cruzadas
fumando uma erva indiscreta

ela nos olha de soslaio
e dá uma gargalhada
está pra lá de Bagdá

nossos corpos são purificados
dentro da terra
e nossos ossos brilham
em contato com o sol


Abilio Terra Junior


[Menu] [Voltar]

Envie essa Página  

 

 

Midi: Cursum Perficio

Tube: Suzi Sgai - ss462

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys