Menina descalça
perambulando pela rua,
olha aqui...olha acolá...
e vai tateando as latas vazias.

Noite fria.

Com seu chale roto
que cobre os ombros desnudos;
sua mão trêmula,dedos esguios,
enxugam as lágrimas
que rolam pelo rosto.

Pára na vitrine,
e com seus belos olhos negros
admira o manequim
com roupa extravagante,
e sonha extasiada.

Começa a garoar.

E a menina saltitando
vai sem rumo e brinca
com as gotículas
que começam a cair.

E sem perceber, deixa prá trás
sua grande dor.

Luiza Helena G. V. Terra


Envie essa Página  

 

Midi:Sininho

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys