Mãe, tu me geraste com ternura

e aqui estou nesse vasto universo a

compreender

as procelas da vida.

Fito o teu olhar e

penetro nas galáxias distantes.

Ao som redundante

do farfalhar das folhas outonais

e em plena harmonia cósmica,

sussurro melodias angelicais

em tua vasta plenitude.

Luiza Helena Guglielmelli Viglioni Terra

 

Menu :::Voltar ::: Envie essa Página

::: CrysJuanGráficos&Design :::