Cabelos e olhos escuros, bonito e esguio. Morava numa fazenda onde tinha um casarão( conhecida como Campo de Sementes, hoje EPAMIG ),era a sua paixão.
Gostava de explorar os arredores da fazenda. Saia sempre só, como um aventureiro daquela época, em busca de aventuras e mistérios.
Fazia seu arco e flecha e ia todo prosa para junto de seu amigo Sr. Valério, um senhor idoso que era um amor de pessoa, rodeado pelo seus amigos fiéis, os cães.
Sr. Valério era um funcionário do Campo de Sementes, fazia embalagens de bambús. Era habilidoso e com que arte aquelas mãos confeccionavam os cestos de taquaras(bambu).
Augusto César é o seu nome, passava horas e horas com o bom velhinho ouvindo suas histórias e façanhas.
Passou sua infância sempre brincando, inventando e sonhando com o mundo do faz de contas.
Era um garoto sensível, porém, esperto e inteligente.Tem um sorriso maravilhoso, transparente como água cristalina. Sorria com os olhos, eu admirava aquele seu jeito de ser, ora medroso, ora valente. Carinhoso e habilidoso. Gostava de ficar na dele, lendo e inventando algo para suas travessuras.
Ainda menino foi integrante da Banda de Música da pequena cidade natal, Maria da Fé, tocava sax e seu ritmo era invejável, aquele pequeno garoto tocando com dedicação numa banda onde os músicos eram pessoas de idade maior do que a dele.
Era lindo e emocionante!
O estudo era o mais importante. A cidade não oferecia estudo suficiente, seus pais então mudaram para a capital mineira e uma nova etapa de sua vida ia começar.
Tinha seus amigos, era um rapaz muito reservado.
Casou-se, mas não era ainda sua vez de encontrar sua cara metade.
Formou-se em Engenharia Mecânica, orgulho para seus pais.
Alguns anos se passaram e conheceu a mineira de Lavras, Maguilania , com quem se casou e dois filhos tiveram, Marco Túlio e Arthur, filhos exemplares e orgulho de seus pais.
Irmão carinhoso e dedicado, sempre presente. Em todas as datas comemorativas ou quando bate aquela saudade, não esquece de prestigiar com carinho seus familiares.
Agradeço a Deus por tê-lo como irmão.Que você seja sempre amado, respeitado e abençoado, mano querido. É sempre bom conviver com você.


Beijos e meu carinho
Luiza Helena
28/08/2014

 

Menu :::Voltar ::: Envie essa Página

::: ArtFinalCrysJuanGráficos&Design :::