no quadro a cor vermelha
junto a um amarelo que escurece
ele é comprido
e sua posição vertical

um brilho rápido de um raio
uma janela que acende
e logo em seguida apaga
o apito do vigia
que passa na moto

cores e formas cambiantes
de um mundo virtual
que se perde e que volta
em uma freqüência uniforme
em mil memórias
mil ritmos mil espectros

o mundo verdadeiro
da imaginação
o sangue vibra
também é real

este momento
se multiplica
em outros espaços tempos

e a antimatéria?
se a matéria por si
já enjaula
mas é um caminho
tortuoso e ambíguo
que não permite respostas

perguntamos
e o demiurgo se esconde
na profundidade perplexa
de duras mazelas

onde está Sofia?
em mil véus
de antigos templos
em longos hemisférios
que transbordam
em um mundo que surge
de um ponto negro
intensamente concentrado

Abilio Terra Junior
10/02/2006 1:19 h




Envie essa Página

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys


Imagem Top:Retirada da internet sem restrições de uso