entre tão nobres amigos
sabes amar a tua tarefa
com a graça que te valida
com teu timbre que atrai

numa epopéia diária
alcanças o teu destino
na planura sem fim
que revela destemor

dizes da árdua viagem
ao que te indaga
e te empenhas e te cansas
pois de longe chegastes

para trás deixastes teu ninho
da ave que alto voa
e circunavegastes a praça
dos poderes que se desfazem

és toda em branco
acaricias suaves pêlos
compreendes os olhares
que aflitos te buscam

entre caudas alegres
e longas línguas suaves
te compenetras que esta
é tua missão que cumpres

com a leveza do anjo
a serenidade da pastora
a beleza da deusa
a vastidão da mulher

Abilio Terra Junior
02/05/2008 0:32 h


::: Menu ::: Voltar :::

Envie essa Página  

 

Yuko Ohigashi - Memory

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys