como é o palácio dos deuses
eu me pergunto às vezes
ao ouvir os seus rompantes
estes trovões distantes

será um imenso vazio
com cada qual submerso
no seu isolado mundo
que no entanto interage

com esse nosso daqui
pois tempo e espaço
são por eles dominados
sinto como agem em um ambiente

em que apesar do problema
difícil de resolver
as pessoas são solícitas
buscam a solução

são vibrantes firmes simples
estão vivas como nunca
sinto então que estou vivo
encontro-me então
com a beleza das suas almas

Abilio Terra Junior
28/01/2013


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

::: CrysJuanGráficos&Design :::