poeta!
com sua chama indiscreta
tenta unir os amantes
descobrir os sonhadores
trazer luz aos desertores

e trevas aos iludidos
que não enxergam
o contorno das coisas

poeta!
que se inspira à luz da lua
e se busca à luz do sol
que caminha em um beco escuro

e sonha com o prado em flor
e os altos píncaros da montanha

poeta!
que nasce na treva absoluta
e desaparece na esplendorosa luz do fogo
que entende o olhar do cão
e tateia em sua própria alma abissal

que vislumbra a ampla alma da mulher
e lê na singela flor e na poderosa árvore
os signos eternos da natureza

poeta!
que teme despertar em outro universo
e caminha só e discreto na poeira
de uma estrada sem fim

que penetra na escura gruta da mulher
suga a seiva dos seus seios

descobre uróboro que circula o grande lago
escala a árvore Ygdrasill
ouve o segredo do grande pássaro
alcança exausto a montanha

e ao encontro luminoso com o hexagrama
sucumbe como preciosa cinza
que seu Daimon e as musas
levam para a urna de Apollo

que com elas fertiliza o universo
com o sumo da poesia

Abílio Terra Junior

21/06/2005
5:10 h

 


[Menu] [Voltar]

Envie essa Página  

 

 

Midi:Chopin - Romantic Piano

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys