Castelo dourado

Castelo distante!

Raios que surgem

no anoitecer.

Castelo sem farol

à beira do lago.

Castelo sombrio,

escondendo mistérios.

Castelo dos penhascos,

cheios de espinhos.

Castelo de pedra

vazio e sem alma.

Castelo dos sonhos

mas sem fantasias.

Castelo sem dono,

me faz companhia.

Castelo sem luz,

sem dança e música.

Castelo escuro,

Porque me seduz?

Castelo do vale,

me é fatal.

Castelo pergunto,

se é imortal.

Luiza Helena Guglielmelli Viglioni Terra

 

Menu :::Voltar ::: Envie essa Página

::: CrysJuanGráficos&Design :::