Olá, caros amigos!
Sou brasileiro, moro em Brasília.
Sou casado e tenho um casal de filhos.
Tenho uma visão aberta sobre o mundo e o universo.
Aprecio gnosticismo, catarismo, música, animais, pintura, escultura, fotografia, ecologia, ciência, poesia, literatura, cinema, surrealismo, arte, natureza, universo, defesa dos direitos humanos e assuntos afins.

É com muito prazer que os recebo em minha Homepage, desejando que aqui tenham momentos de prazer, cultura e entretenimento.
Sou um poeta que observa o mundo ao seu redor e não se contenta com as aparências e que tenta utilizar as palavras para perscrutar o mundo do sonho e o mundo da realidade. No meu modo de entender, estes mundos se encontram interpenetrados, não há como separá-los. Cabe a mim aceitar esta supra-realidade e viajar nos tênues liames que os ligam, trazendo em palavras e versos sombras e luzes que os povoam.
Para isto, preciso aceitar o que me diz o meu consciente e o meu inconsciente, em suas vozes racionais e irracionais, lógicas e ilógicas. Preciso conviver com o mito, o misticismo, a magia, a dor e o prazer, a alegria e a tristeza, pois de muitos destes contrastes é feita a vida e o mundo. Para que haja a vida é preciso que haja a morte, e, afinal, o que é a vida e o que é a morte?
Escrevo poemas, contos, crônicas, e tenho também um livro publicado.
Nasci em Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, e resido atualmente em Brasília, apesar de haver morado em outras cidades, como Rio de Janeiro, Montes Claros e Belo Horizonte.
Quando jovem, participei da Orquestra de Violinos, dirigida por Stepan Craciun, que se apresentou na Rádio Guarani e até no Palácio da Liberdade, quando era Governador de Minas Juscelino Kubitscheck.

Sou formado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG.
Aposentei-me pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
Interessei-me desde cedo pelo auto-conhecimento e a busca de novas fontes de estudo e pesquisa, e assim, trilhei caminhos iniciáticos pela Antiga e Mística Ordem Rosacruz-AMORC, Lectorium Rosicrucianum-Rosacruz Áurea, Grande Loja Maçônica, Nova Acrópole (onde pratiquei, também, a arte marcial Nei Kung), Raja Yoga, Xamanismo (workshops com Carminha Levy, Foster Perry), psicanálise, PNL, workshops na UNIPAZ, curso de Moacyr Uchôa, Seicho No Ie etc.
Entre os meus escritores prediletos, posso citar, começando desde os primeiros livros que li: Monteiro Lobato, Lewis Carroll, Mark Twain, Thor Heyerdall, C. W. Ceram, Henri de la Vaux & Arnald Galopin, Erich Fromm, Karen Horney, H. Spencer Lewis, Jan van Rijckenborgh, Franz Kafka, Máximo Górki, P. D. Ouspensky, J. J. van der Leeuw, Henry Miller, Bernardo Guimarães, Augusto dos Anjos, Dean R. Koontz, John Gribbin, Rudolf Steiner, Dion Fortune, Hermann Hesse, Édouard Schuré, G. I. Gurdjieff, Terry Lynn Taylor, Masaharu Taniguchi, Silviano Santiago, Delton de Mattos, Wenefledo de Toledo, Raul Marinuzzi, Pierre Weill, Lotte H. Eisner, Robert Eisenman & Michael Wise, R. Kuntzmann & J. – D. Dubois, Oliveira Mello, Francis Mazière, Carlos Guilherme Mota, Darcy Ribeiro, Bruno Tolentino, Alfredo Bosi, João Guimarães Rosa, Albert Camus, H. P. Blavatsky, Alexander Ramati, Luiz Carlos Lisboa, Victor Hugo, Augusto de Campos, Rainer Maria Rilke, S. T. Coleridge, Mario Faustino, Ezra Pound, Affonso Romano de Sant’Anna, Carlos Drummond de Andrade, Mario Quintana, San Juan de la Cruz, Massaud Moisés, Murilo Mendes, Heloisa Buarque de Hollanda, Mário Alves Coutinho, Henry Lincoln, Michael Baigent & Richar Leigh, Stephan A. Hoeller, Robin Robertson, J. J. Clarke, Nise da Silveira, Jorge Luis Borges, Fayga Ostrower, Charles Baudelaire, Umberto Eco, Alexandre Herculano, Walter Scott, Machado de Assis, Autran Dourado, Antenor Pimenta, Maria Luiza Ramos, Ana Lúcia Andrade, Léo Schlafman, Fernando Sabino, Jean-Claude Carrière, Michael Howard, Sir T. Malory, Michael Harner, Sandra Ingerman, Jose Stevens & Lena S. Stevens, Jamie Sams, Anthony Robbins, Celso Furtado, Graciliano Ramos, René Guénon, Gibran Khalil Gibran, G. R. S. Mead, John Matthews, Julius Evola, Elaine Pagels, Luiz Vilela, Nigel Pennick, Octavio Paz, Raphael H. Rhodes, Jayme Mason, Louis Pauwels & Jacques Bergier, Patrice Gaston, Antoine de Saint-Exupéry, Blaise Pascal, Ovídio, Baruch Spinoza, Henry David Thoreau, Gaston Bachelard, C. W. Leadbeater, C. G. Jung, James A. Hall, Dennis Gira, Kathleen McDonald, Radmila Moacanin, Robert Louis Stevenson, Hermes Trismegistos, Moacyr Uchôa, Fritjof Capra, Henry James, Dante Alighieri, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Thomas Kempis, F. Paul Wilson, Raymond Bernard, Mauro Santayanna, Rogério Sganzerla, Geraldino Alves Ferreira Netto, Miguel Sanches Neto, Sérgio Sant’Anna, Hartmud Lange, Gilberto Mendonça Teles, Jean-Paul Sartre, Guy de Maupassant, Erorci Santana, Johan Huizinga, Luís Giffoni, Günter Grass, Lêdo Ivo, Ruy Espinheira Filho, Eduardo Alves da Costa, Fabrício Carpinejar, Ligia Tomarchio, Ivan Junqueira, Luiz Ruffato, Alberto da Costa e Silva, Francisco Alvim, Maria José Zanini Tauil, Claudio Willer, Floriano Martins, Jorge de Lima, Ricardo Reis, Ricardo Evangelista, Adolfo Maurício Pereira, Júlio Polidoro, Domingos Pellegrini, Claudia Roquette-Pinto, Augusto Massi, Maria Esther Maciel, Letícia Malard, Wilmar Silva, Adolfo Bioy Casares, Lautréamont, Charles Bukowski, David Goodis, Virginia Woolf, Graham Greene, Joseph Conrad, H. P. Lovecraft, Stephan Zweig, Herberto Helder, Khaled Hosseini, Carlos Ruiz Zafón, Markus Zusak, António Teixeira e Castro e muitos outros, que já se perderam nas brumas da memória.
Cada um deles, deixou a sua mensagem indelével, que passou, desde então, a compor parte da minha visão de mundo. Não tenho como lhes agradecer.

Sou membro da União Brasileira de Escritores-UBE (www.ube.org.br).
Nos meus poemas, crônicas e contos encontrarão os frutos da minha inspiração, onde utilizo muito a minha intuição, que recebo do meu inconsciente. E como sou, acima de tudo, um poeta, não sigo uma linha retilínea, lógica, racional, mas sim espiralada, em um contraste entre luz e sombra. Posso ser duro e amargo, ou doce e suave. Mas, escrevo o que me vem na alma.
Dirijo-me a todos, independente de idade, formação, sexo, raça, cor, religião. Agradeço aos meus amigos, que sempre me apóiam com os seus comentários e carinho, e digo, com certeza: vocês já são parte da minha vida.
Agradeço à minha esposa pelo seu apoio constante, pela sua força interior, pelas suas mãos mágicas, que tocam nos pontos sensíveis das minhas costas, e me conduzem a um sono profundo. Agradeço à minha filha e ao meu filho, pelas suas amizades e calor humano, pelas suas presenças vibrantes, meigas e compreensivas.
Um grande abraço,
Abilio Terra Junior

 

 
 

[Menu]

  Envie essa Página

Livro de Visitas

 

Todos os meus textos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais - LEI No. 9610,
de 19 de fevereiro de 1998, e pelos tratados e convenções internacionais.
Respeite os direitos dos autores, para que seus direitos também sejam respeitados.

Contato com Autor: Abílio Terra Junior

 

Melhor Visualizado em:1024x768

Copyright©Abílio Terra Junior - 2006 - Belo Horizonte/MG/Brasil